Cursos

SELEÇÃO PARA OFICINAS E CURSOS

INSCRIÇÕES ABERTAS

Atenção ao email de inscrição: grupobastet@gmail.com

 

SMILE – A WEAPON OF MASS CONSTRUCTION – Jango Edwards (EUA)

18 a 25 de junho

Local: Casa Corpo - Rua 243, esq com Rua 233, nº 1370,Qd C, Lt 08, Galpão 1, Setor Leste Universitário, Goiânia- Goiás

Ministrante: Jango Edwards (EUA)

Carga horária: 40h/a


Investimento (10 vagas para demais inscritos): R$1.200,00 por ordem de inscrição.

Quando? de 18 a 25 de junho, das 08 às 13h (no entanto, os inscritos devem estar totalmente disponíveis para participação em todas as atividades do festival do dia 17 ao dia 25 de junho – sendo a Palhaceata, no dia 17, e  o Cabaré, no dia 25, atividades essenciais para o processo formativo proposto. Os horários também podem ser readaptados durante o período de 17 a 25 de junho para atender necessidades do ministrante, organização ou garantir maior produtividade dos cursos).

Onde? Casa Corpo – Rua 243, esq com Rua 233, nº 1370,Qd C, Lt 08, Galpão 1, Setor Leste Universitário, Goiânia- Goiás.

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?). Envie também uma breve sinopse de cena curta (com duração de 5 a 10 minutos) ou performance que deverá ser apresentada no Cabaré Na Ponta do Nariz, no Mercado de Bobagens ou na Palhaceata de abertura do festival. As cenas encaminhas serão manejadas de acordo com as necessidades da organização do festival, mas você também deve indicar sua preferência. Opção à cena ou performance é apresentação de artigo científico sobre o festival e experiência realizada no curso a ser publicado por procuração pelo festival em jornais, revistas (científicas ou não) ou sites.

PRIMEIRA FASE (10 vagas para artistas goianos) mediante seleção. [INSCRIÇÕES ENCERRADAS]


fb_5npn _ jango edwards


Este evento único que Jango Edwards propõe aos diretores do “Na Ponta do Nariz ” festival é composto por 40 horas de curso de treinamento intensivo de 2 etapas básicas: Teoria do palhaço e palhaço Fórmulas.

TEORIA DO PALHAÇO:

A arte do ator clown não é apenas uma profissão, mas é uma combinação de inocência e maturidade. É um estilo de vida exige uma compreensão da emoção, sensibilidade, paixão e coração.

O Encontro Teoria do palhaço é uma maneira de unir Estas qualidades para que cada participante possa descobrir e desenvolver seu clown pessoal, e aplicá-lo à vida depois de concluído o curso.

Através da utilização de jogos variados, atividades físicas, manifestações sócio-lógica, improvisações e performance, cada aluno vai encontrar o seu comic clown, simplicidade, inocência e lógica, que são os ingredientes fundamentais da fórmula palhaço. O play-ambiente é criado, para que a confiança dentro do conjunto grupo possa se desenvolver. Isso motiva os alunos a lembrar a inocência esquecida. Irá revelar também presentes condições sociais e humanas. Pode parecer complicado, mas na verdade é simples; é a simplicidade que é difícil para nós para compreender.

FÓRMULAS PALHAÇO

“A Fórmula do Palhaço” é o seminário de base sobre os princípios elementares dos que trabalham conceitos de gag e / ou obras de esboço. O conteúdo inclui os elementos de 3 rotinas mordaça, atividade comic repetitivo, humor físico e visual, o quadro preto e branco para a criação de esboço, timing cômico e ritmo. Palhaço é o maior ator do mundo e é capaz de realizar qualquer lugar, a qualquer hora, em qualquer situação.

 

 

JANGO EDWARDS
Jango Edwards. Founder of the original “Festival of Fools”, director of “The NouveauClown Institute” and the “Fools Militia”, creator of “Cabaret Cabrón”, international clown artist, writer, composer, director and producer. During the past 45 years he has performed and taught in over 30 countries and is constantly active in the evolution of the global clown profession.
Jango has tutored numerous actors in the past which assisted in their personal and artistic success. El Tricicle, Loco Brusca, Nina Hagen, Grace Jones, Slava Polunin,Venessa Redgrave, Le Nuls, Peter Shub, Santiago Segura and Aldo Giovanni and Giacomo are but a few of his prior students.

He has performed and collaborated with numerous global clown artists such as SlavaPolunin, Tortel Poltrona, Leo Bassi, David Shiner, Pepa Planna to name a few.

Em busca da identidade cômica – Leo Bassi (Itália)

22 a 25 de junho

Local: Espaço Culturama - Avenida T-8,Esquina com avenida Mutirão, Galeria Casa Blanca, Setor Bueno, Goiânia-Goiás

Ministrante: Leo Bassi (Itália)

Carga horária: 16h/a


Quando? de 22 a 25 de junho, das 09 às 13h (no entanto, os inscritos devem estar totalmente disponíveis para participação em todas as atividades do festival entre os dias 17 e 25 de junho – sendo a Palhaceata, no dia 17, e  o Cabaré, no dia 25, atividades essenciais para o processo formativo proposto. Os horários também podem ser readaptados durante o período de 17 a 25 de junho para atender necessidades do ministrante, organização ou garantir maior produtividade dos cursos).

Onde? Espaço Culturama – Avenida T-8,Esquina com avenida Mutirão, Galeria Casa Blanca, Setor Bueno, Goiânia-Goiás.

Investimento (10 vagas ): R$700,00 por ordem de inscrição.

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?). Envie também uma breve sinopse de cena curta (com duração de 5 a 10 minutos) ou performance que deverá ser apresentada no Cabaré Na Ponta do Nariz, no Mercado de Bobagens ou na Palhaceata de abertura do festival. As cenas encaminhas serão manejadas de acordo com as necessidades da organização do festival, mas você também deve indicar sua preferência. Opção à cena ou performance é apresentação de artigo científico sobre o festival e experiência realizada no curso a ser publicado por procuração pelo festival em jornais, revistas (científicas ou não) ou sites.

PRIMEIRA FASE (10 vagas para artistas goianos) mediante seleção. [INSCRIÇÕES ENCERRADAS]


fb_5npn _ leo bassi


Com base na sabedoria acumulada em sua longa tradição familiar e pessoal herdada de sua carreira, Leo Bassi tem desenvolvido neste curso um sistema que combina a teoria com jogos psicológicos originais que incentivam os participantes a descobrir o seu palhaço interior. Um dos aspectos mais importantes destas sessões é que todos os participantes são continuamente incentivados a tomar alternadamente um papel ativo e observador crítico.

Isso incentiva discussões francas em cada etapa , forçando-os a perceber como suas ações são percebidos pelos outros e o que eles significam para si. Conforme você avança, as mudanças de ênfase de uma ampla exploração da mente para o estudo do cômico em cena levou o curso a centrar-se na comédia e problemas puramente teatrais, como ser eficaz diante de uma platéia.

Os participantes podem esperar no final do curso os resultados tangíveis que variam de um look inspirado nas raízes psicológicas do humor e sua operação precisa através da construção de vários aspectos cômicos, preparados para uso em teatro e televisão.

Manual y Guía del Payaso Callejero – Chacovachi (Argentina)

18 a 21 de junho

Local: Casa Corpo - Rua 243, esq com Rua 233, nº 1370,Qd C, Lt 08, Galpão 1, Setor Leste Universitário, Goiânia- Goiás

Ministrante: Chacovachi (Argentina)

Carga horária: 20h/a


Quando? de 18 a 21 de junho, das 13 às 18h.

Investimento (20 vagas para demais inscritos): R$250,00 por ordem de inscrição (não haverá seleção).

Onde? Casa Corpo – Rua 243, esq com Rua 233, nº 1370,Qd C, Lt 08, Galpão 1, Setor Leste Universitário, Goiânia- Goiás.

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?).


fb_5npn _ chacovachi


O curso é direcionado aos artistas ou futuros artistas que queiram descobrir os segredos do palhaço de rua para aplicá-los nessa disciplina ou em qualquer outra.

Direcionado ao trabalho individual em lugares não-convencionais esta oficina se compõe em três partes:

1/Treinamento
Três energias (Física, Mental e Emocional)
Canais de Comunicação (Palabra, Gesto, Som, Ruído, Ação, Movimento)

2/Teoria e Filosofia
O básico: Voz, nome, figurino, maquiagem, nariz, cabelo
Metódo do Xadrez (Youtube – Chacovachi – Método del Ajedrez)
Entreter – divertir-assombrar/delirar, denunciar, provocar
Coração, Estômago, Bolas e Cabeça
Exagero e liberdade com o fim de fazer rir
O palhaço que é/o material que tem
Valentia dentro da estupidez
Profissionalismo (aquele que vive da profissão)
As três liberdades
Estruturas Dramatúrgicas de:

Espetáculo em lugar não convencional de 50 minutos:
Pré-convocatória
Convocatória
Farsa de Início
Rotina Participativa
Passada de Chapéu
Despedida e Final

3/ postura corporal
Exercício de Palhaço de Rua
O Céu e o Inferno, subtitulado A Cabeça do Bufão
Exercicío que se repete os últimos 3 dias, inventado por mim com a intenção de recriar a adrenalina e as necessidades de uma pequena parte do que se sente e se necessita em um espetáculo de rua

 

SOBRE EL ARTISTA     

El Payaso Chacovachi es  Fernando Cavarozzi.

Vive en las periferias de Buenos Aires y es payaso callejero hace ya 30 años.

Se presento en los festivales de teatro más importantes y las calles y plazas más populares o escondidas, como en villas y favelas  de centenas de ciudades de decenas de países.

Durante 16 años fue el payaso de plaza Francia (antológica espacio cultural popular) en Buenos Aire. Viviendo de la gorra se transformo en referente indiscutido de las sucesivas generaciones de artistas callejeros de argentina.

Es director del Circo Vachi con 22 temporadas en la costa Argentina  y director de la organización  de las convenciones Argentinas de malabares, circo y espectáculos callejeros (llevan 16 ediciones).

También dirigió espectáculos de compañías de Brasil, Argentina, España y Francia. Y ha dictado con exitosas respuesta su taller “Manual y Guia del Payaso Callejero” en distintos festivales de España, Brasil, Venezuela y Argentina.

Su espíritu clown inspiro a muchos payasos callejeros de Sudamérica y el mundo.

 

 

 

Taller de Bufón – Pepe Picaporte (Costa Rica)

18 à 25 de junho

Local: Coletivo Centopeia - Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia - Goiás

Ministrante: Pepe Picaporte (Costa Rica)

Carga horária: 40h/a


Horário: 08 às 13h

Investimento (20 vagas): R$500,00 por ordem de inscrição (não haverá seleção).

Onde? Coletivo Centopeia – Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia – Goiás.

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?).


fb_5npn _ pepe picaporte


O curso:

A oficina tem como base a deformação física, buscamos o grotesco, escuro e áspero a ser denunciado em palavras e ações da realidade da vida. Investigamos a deformidade, o feio, o escatológico, o bruto; falamos sobre o espelho social curvo que distorce a realidade, como se o bobo da corte tivesse o poder do rei. Intérpretes transfiguram suas posturas corporais e comportamentos indecentes, despir-se ou disfarçar-se, para que haja uma maior impunidade ao redor.

Em cada ser humano encontra-se um palhaço ou bobo da corte, um bobo da corte em cada um de nós. O público ri do palhaço porque ele é ingênuo, branco e desajeitado, no entanto, o bobo da corte ri do público porque é cínico e irônico irreverente, transgressor político e religioso, e, geralmente, zomba das pessoas “normais” através de Taboo.

Bobos da corte, também chamados de falsos, vêm diretamente das profundezas enevoadas do tempo. Seu passatempo favorito é imitar a vida das pessoas, este espaço é criado para todos aqueles que zombam do mundo e ao mesmo tempo se atrevem a tirar sarro de si mesmos, o Masalla tonto da expressão teatral … O bobo da corte é corpo e alma.

Treinamento baseado na técnica de Jacques Lecoq

 

Os participantes devem trazer:

. Roupa elástica, e cobrindo todo o corpo (mangas compridas)

. Espuma de borracha, ou outro material Huata para preencher as roupas e deformar os corpos

. Um chapéu ou boné para cobrir o cabelo o mais neutro possível (toucas de natação funcionam muito bem).

 

O Bufón

Nós tendemos a imaginar o bobo da corte com um traje colorido cheio de sinos e chapéu de três pontas. Mas um bufão poderia ser um sem-teto, um dia, em um canto da rua, ele começa a gritar em voz alta sobre a degeneração de homem, grandes verdades. Grita, desconexa, incluindo o álcool e o mau cheiro de urina na praça pública. É deformado, feio, bruto, ou mais genericamente chamado: grotesco; falamos sobre o espelho social curvo que distorce a realidade, assim como o bobo da corte com o poder do rei. Bobos da corte são palhaços que se escondem atrás da máscara do carnaval; não são transparentes, você nunca sabe o que está por trás de seus olhos. Eles não são diretos, eles são sugestivos e misteriosos, magnéticos. Suas raízes se alimentam da lava do inferno e devem esculpir o mundo até os céus. Eles estão presentes na comédia ao longo da história, sátiros, demônios e bruxas, malabaristas, Zannis e goblins … O profano é necessário para demonstrar a verdadeira natureza dos seres humanos. Depois de rir de sí mesmo o bobo da corte ri do mundo louco, as pessoas vão rir dele e, em seguida, como um veneno, quando elas pensam em rir, uma amargura nascida no peito pela condescendência dos injustos as impede. Dizem que é uma cobertura de chocolate amargo. Seus corpos deformados, seu riso satânico, olhares provocantes, assustador. Eles não vão se envolver emocionalmente com seus discursos, só eles teorizam para nos fazer refletir, expor e manipular a existência intelectualmente. Eles são a consciência escura que afogou o ser humano.

 

Intérpretes transfiguram suas posturas corporais e comportamento indecente, despir-se ou disfarçar-se … Desta forma, há uma maior impunidade ao redor. Os que falam mau e os caluniadores tontos não vêm de um espaço realista, vêm do mistério do céu noturno e da terra. Espaço misterioso que está conectado com os bufões que conhecem o futuro, os profetas bufões. Um exemplo são os bobos de Shakespeare. A segunda área é a dos bufões grotescos, as pessoas próximas a caricatura, tais como o Rei Ubu Alfred Jarry.

O Gesto e a Risada – Jader Guerra (Colômbia)

18 a 25 de junho

Local: Coletivo Centopeia - Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia - Goiás

Ministrante: Jader Guerra

Carga horária: 40h/a


Quando? 18 A 25 de Junho, das 8h às 13h

Onde? Coletivo Centopeia – Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia – Goiás.

Nível: Iniciação / a partir de 15 ans

Investimento (20 vagas): R$500,00 por ordem de inscrição (não haverá seleção).

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?).


la maleta hader guerra


O CURSO

Este curso combina a arte da mímica e do palhaço.

Os participantes irão aprender fórmulas de técnicas de comédia física que podem ser utilizadas como ferramentas para o desenvolvimento autoral de cada aluno.  Serão construídos gatilhos para lidar com o corpo no palco e fórmulas para obter efeito cômico.

 Necessidades:

Os participantes devem comparecer com roupas confortáveis.

WORKSHOP DE PALHAÇO MUSICA E COMICIDADE – La Bandita Alegre (Chile)

18 a 25 de junho

Local: Coletivo Centopeia - Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia - Goiás

Ministrante: La Bandita Alegre (Chile)

Carga horária: 40h/a


Que horas? 13H AS 18H

Onde? Coletivo Centopeia – Avenida Cora Coralina, Qd F 16, Lt 14, Setor Sul, Goiânia – Goiás

Investimento (20 vagas): R$500,00 por ordem de inscrição (não haverá seleção).

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?).


12565514_10208705920431960_3445616254532690810_n


Curso intensivo de 40h/a direcionado para músicos, atores-músicos, palhaços-músicos e estudantes de música que desejam aumentar suas potencialidade cênicas e explorar o cômico na construção de uma apresentação musical.

Saiba mais sobre La Bandita Alegre: http://www.labanditaalegre.cl/

Imersão “Mímica, teatro físico e a poética do ator” – Miqueias Paz (Brasil)

26 de junho a 01 de julho

Local: Espaço Mimo (Brasília/DF)

Ministrante: Miqueias Paz

Carga horária: 40 h/a - 7 dias de imersão


Investimento: R$600,00 (com direito a alojamento, café da manhã, almoço e jantar e curso intensivo)

Curso em sistema de retiro com 40 h/a de trabalhos em 7 dias de imersão no Espaço Mimo, em BSB. Incluso café-da-manhã, almoço, jantar e alojamento.

Para se inscrever mande email para grupobastet@gmail.com com o título da oficina no campo ASSUNTO. No corpo do texto encaminhe informações pessoais: nome completo, RG, CPF, nome artístico, endereço, telefones para contato, links de perfis nas redes sociais, links com vídeos de trabalhos realizados e breve carta de intenção (porque quer estar aqui e fazer este curso?).


12963569_1067715469954662_7507082074082794729_n


Na imersão os participantes ficam 24h em processo criativo, sem celulares, computadores ou qualquer outro contato com o mundo externo. Durante o período de 24h serão distribuídas as atividades de treinamento físico, experimentações, vivências e pesquisa.

A residência se dará no Espaço Mimo (BSB), uma chácara próxima ao Parque Nacional de Brasília, onde encontramos uma grande área verde, cachoeiras e o Poço Azul (será possível programar passeios ao Parque Nacional durante o período de imersão).

O curso é uma experiência teórica/ prática, um espaço e um tempo de experimentação direcionados à descoberta do estado poético do ator e compartilhamento de mais de 30 anos de experiência e vivências do mímico, diretor e ator físico Miqueias Paz.


Miqueias Paz é um premiado ator e um dos mais importantes mímicos brasileiros. Desde 1984, Miqueias viaja o mundo com suas apresentações. Nessa caminhada, o ator encanta os públicos das cidades onde passa, seja em Londres, Brasília ou Bagdá, onde participou do Festival de Artes da cidade. Como dizem por aí, o mímico faz “mímicas de mil momentos”.

Iniciou sua carreira artística em 1980. Desde então passou a desenvolver trabalhos solos e coletivos. Em 1988 Miqueias participa do Festival de Kendall na Inglaterra, onde conheceu o diretor Jonathan Stones, que o convidou para fazer parte da companhia Ralf-Ralf, formada por artistas de diversos países. Com a Ralf-Ralf atuou no espetáculo Dinner, apresentado nos Estados Unidos, Inglaterra, França, Escócia e Alemanha. Em 1992 e 1996 participou do Congresso y Festival Latino Americano de Mimo, realizado na capital Argentina. Como artista solo percorreu todo o mundo e é presença marcante nas edições do Festival de Mymos e Payasos da Colômbia. No cinema atuou em dois filmes de cineastas brasileiros: “A TV que virou estrela de cinema”, de Ianco Del Pino e Márcio Curi e “Loucos por Cinema”, de André Luiz de Oliveira.


Módulo I: Introdução à Mímica; Módulo II: Aprofundamento em Mímica; e Módulo III: Montagem;

O curso é uma experiência teórica/ prática, um espaço e um tempo de experimentação direcionados à descoberta do estado poético do ator.

O ofício do ator reside na liberdade de ser o que verdadeiramente se é. E isso, requer uma grande coragem. É um exercício de generosidade e risco, às vezes difícil, penoso e doloroso, mais sempre libertador, pois, se provocar é a base da profissão ativar o pensamento é a ambição e o fim.

MÍMICA I (primeiro Módulo)

Neste curso nos propomos iniciar uma árdua e longa tarefa. Longa porque só com muito tempo de “profissão” e prática é que se consegue alcançar um bom resultado. Árdua porque além de muita disciplina, se precisa de muita coragem para dar o mergulho necessário nas próprias contradições e “zonas errôneas” que habitam nossa personalidade.

Neste curso intensivo se propõe um mergulho em duas questões básicas na formação do ator:

Como a técnica da mímica e do teatro físico pode implementar o trabalho do ator contemporâneo?

O que você tem para mostrar ao mundo?

Conceitos e técnicas básicas de mímica clássica e contemporânea e teatro físico.

Dar-se-á continuidade aos exercícios que levam o participante encontrar seus próprios caminhos para descoberta.

Num jogo de espelhos, repetidamente se fará estas questões, descobrindo, revelando, as características mais particulares de cada ator. Desafiando-o através da sinceridade consigo mesmo.

MÍMICA II (segundo Módulo)

– Iniciar os participantes na prática e cultura de suas características únicas.

– Prática e cultura da mímica clássica;

– Prática e cultura da mímica contemporânea

– Que ao final do curso, todos os participantes tenham um número, cena, quadro ou performance pronta para apresentar ao Público.

De forma mais específica iremos trabalhar com:

  1. Formação histórica e teórica sobre a figura do mímico através de leitura de textos, visualização de vídeos, debates e análises coletivas sobre os mesmos.
  2. Criação de um clima de confiança e brincadeira entre participantes e ministrante que leve a uma dinâmica de trabalho alegre, prazerosa e criativa.
  3. Reconhecimento, aceitação e aproveitamento das “zonas errôneas” frágeis e ridículas de cada um.
  4. Descoberta por parte de cada aluno de seu próprio “estado” poético.
  5. Primeiro contato individual com o palco e aprendizado do prazer de se “mostrar” aos outros.
  6. Descoberta do seu próprio jeito de fazer mímica e representar, único e intransferível.
  7. Descoberta do que tem-se a dizer ao mundo.

MÍMICA III (terceiro módulo)

Este é um curso de longa duração com dois campos de trabalho: a sala de ensaio para trabalhos de construção e o palco com apresentações ao fim da semana e curso. O Cabaré terá essa função – o de um espetáculo de variedades no qual sejam apresentados todos os números construídos.

As apresentações do número ao Público servirão para posterior avaliação e aperfeiçoamento.

Centraremos o trabalho na criação de um número individual para cada um dos participantes, num processo coletivo de criação no qual todos colaborem na elaboração de cada número.

Segue abaixo o esquema-base das aulas.

– Jogos de aquecimento:

Para desconectar da realidade individual com a qual chegamos ao treinamento.

– Jogos de preparação:

Para nos preparar para o trabalho coletivo.

– Improvisação:

Improvisações encaminhadas ao encontro do estado poético.

– Avaliação:

Rodas para todos poderem falar da vivência da jornada.

– Visualização e análises:

De vídeos com trabalhos de grandes Mestres.

– Apresentações ao público:

Durante dois momentos do curso os participantes terão oportunidade de colocar à prova o que descobriram durante o processo. A primeira apresentação terá uma característica mais informal e poderá ser feita no próprio espaço do curso para público convidado. Será feito o retorno à sala de trabalho para análise e aperfeiçoamento. A segunda apresentação será realizada ao fim do curso, no Cabaré, que deve ter característica de espetáculo, com ampla divulgação e público pagante – uma investida profissional.